Notícias

Estudantes definem propostas para a Etapa Estadual do Parlamento Jovem

13/08/2018 17:01

 Cerca de 80 estudantes de Ponte Nova e de mais seis municípios que compõem o Polo Zona da Mata II e Caparaó participaram no dia 10 de agosto, na Câmara de Juiz de Fora, da plenária regional do Parlamento Jovem. Das 11propostas distribuídas entre os subtemas Violência Doméstica e Familiar, Violência nos Espaços Institucionais de Poder e Violência e Assédio Sexual, sete foram definidas e serão levadas para a Etapa Estadual, no mês de setembro, em Belo Horizonte. O tema do Parlamento Jovem 2018 é “Violência contra Mulher” e tem gerado amplos debates entre os estudantes.

Além das propostas, os alunos escolheram a sugestão de tema do polo para o Parlamento Jovem 2019, que também será levada para a Etapa Estadual. O tema escolhido foi Racismo, sugerido pelos alunos de Viçosa.
Participaram da plenária regional, estudantes das cidades de Juiz de Fora, Paula Cândido, Piedade de Ponte Nova, Ponte Nova, Tombos, Viçosa e Visconde de Rio Branco.
Propostas escolhidas:
Subtema 1: Violência Doméstica e Familiar
Incentivar a institucionalização de um projeto via Secretaria dos Direitos Humanos - Participação Social e Cidadania, com a criação de um órgão que possua um acompanhamento constituído por psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais e uma equipe preferencialmente feminina, visando também o acolhimento e a reinserção das mulheres vítimas de violência no mercado de trabalho.
Incentivo à adesão do tema violência doméstica e familiar nas escolas públicas e privadas em geral, com palestras, meios interativos e didáticos adequados a cada idade, além da adoção de novas medidas de proteção e tratamentos psicológicos e físicos disponibilizados de forma gratuita e com profissionais preparados para atender as vítimas e os agressores enquanto cumprem a pena.
Subtema 2: Violência nos Espaços Institucionais de Poder
Regulamentação dos espaços institucionais para a formação de um local apropriado para o atendimento às mulheres, garantindo segurança no meio que elas frequentam, incentivando leis que busquem a igualdade na remuneração de homens e mulheres que ocupam cargos de mesma importância, mediante punição a seu não cumprimento.
Incentivar a criação de programas, por parte do Estado e Municípios, que visem combater a violência nos espaços institucionais bem como incentivar uma maior participação feminina nesses, através da criação de projeto de lei que trata da temática nas instituições de ensino, tem como foco a igualdade de gênero.
Subtema 3: Violência e Assédio Sexual
Incentivo à construção de locais adequados para denúncias e atendimento à mulher com especialistas para uma melhor orientação, como psicólogos e policiais especializados. Intensificação de programas sobre a violência contra a mulher que cheguem desde o ambiente familiar até a escola, lidando assim, com todas as pessoas que sofreram violência e que se julgam mulher, sejam transexuais ou fluidos.
Incentivo à criação do Dia de Combate ao Assédio e a Violência Sexual no calendário escolar anual, incluindo projetos didáticos, teatro, oficina cultural, feiras temáticas e passeatas, realizadas pelos alunos com a participação de toda a comunidade.
Autorizar os motoristas dos coletivos públicos em todos os municípios, independentemente do número de habitantes, a acatar o pedido de desembarque de mulheres e idosos a partir das 19h, no momento solicitado, respeitando a legislação de trânsito e segurança do veículo e dos passageiros, mesmo que o local solicitado não seja um ponto de desembarque.
 

Plenária Regional
Plenária Regional
Plenária Regional
Plenária Regional
Plenária Regional
Plenária Regional
Plenária Regional
Plenária Regional
Plenária Regional
Plenária Regional
Plenária Regional

É IMPORTANTE QUE VOCÊ PARTICIPE
E MANTENHA-SE INFORMADO!

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta-Feira

das 12:00h às 18:00h

camara@camarapontenova.mg.gov.br

(31) 3819-3250

Av. Dr. Cristiano de Freitas Castro, 74

Centro, CEP: 35430-037

Ponte Nova - Minas Gerais