Notícias

Vereador Hermano comenta sobre a política nacional

08/02/2018 12:28

 Como tem feito nos últimos meses, o vereador Hermano (PT) retornou à primeira Palavra Livre de 2018, ocorrida em 5 de fevereiro, para falar sobre a política nacional e reiterar sua indignação com o atual Governo, o qual ele declara como “ilegítimo”. Desta vez, Hermano citou o julgamento e a condenação do ex-presidente Lula (PT), em 24 de janeiro, e teceu críticas à imprensa e ao Poder Judiciário, principalmente, pela aceleração do processo tendo em vista que outros estariam na frente. “A gente vê que teve a eleição de 2018, com o primeiro turno realizado em 24 de janeiro e que, somente o Judiciário, teve poder de decisão e de participação”, contestou Hermano. 

Outro ponto de sua fala foi referente à questão do auxílio-educação para os filhos de juízes. “Inicialmente era um pedido de R$7.250,00, mas acho que eles ‘avaliaram’ e viram que não era ‘tão necessário’ e abaixaram para R$3.030,00 para a educação dos filhos dos juízes que, em nosso país já ganham muito bem”, criticou o vereador fazendo um paralelo com os critérios para a concessão do Bolsa Família cuja a renda per capta a ser apresentada deve ser de R$85,00 e que, no ano passado, mais de 500 mil foram canceladas. “Tem que ter uma fiscalização, mas vivemos em um país onde a prioridade está sendo para quem tem muito e tirando de quem tem pouco ou de quem não tem nada”, finalizou Hermano.
A vereador Aninha de Fizica (PSB) também comentou a questão de muitos envolvidos em escândalos  e que, até o momento não foram julgados e ressaltou sobre a concessão de auxílio-doença àqueles que necessitam do benefício e têm dificuldades para recebê-lo.
 

Vereador Hermano (PT)

É IMPORTANTE QUE VOCÊ PARTICIPE
E MANTENHA-SE INFORMADO!

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta-Feira

das 12:00h às 18:00h

camara@camarapontenova.mg.gov.br

(31) 3819-3250

Av. Dr. Cristiano de Freitas Castro, 74

Centro, CEP: 35430-037

Ponte Nova - Minas Gerais