Notícias

Novembro Azul e Dia da Consciência Negra são destaques na Tribuna Livre

23/11/2018 16:27

 O médico urologista, Bransildes Barcellos Terra, participou da Tribuna Livre da reunião plenária de 22 de novembro, a convite da vereadora Aninha de Fizica (PSB), para falar sobre o Novembro Azul e o incentivo à prevenção ao câncer de próstata. O médico abordou os fatores de risco, prevenção, exames, cirurgias e destacou que diagnosticar a doença em fase inicial possibilita que o tratamento tenha êxito.

O movimento Novembro Azul teve origem em 2003, na Austrália, com o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce de doenças que atingem a população masculina. Interagindo com os vereadores que abordaram diversas situações, o médico urologista Bransildes Barcellos destacou que a doença é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens acima de 50 anos e que os fatores de risco incluem histórico familiar da doença, fatores hormonais e ambientais, dieta rica em gorduras, sedentarismo, excesso de peso, etc.
A doença pode ser diagnosticada por meio de um exame físico, o toque retal, e um laboratorial, a dosagem do PSA. Se constatadas alterações, deve ser feita uma biópsia para averiguar a presença de um tumor e verificar se é maligno.
Dia da Consciência Negra
A representante do Grupo Afro Ganga Zumba, Márcia Messias de Castro, a convite do vereador Hermano (PT), participou da Tribuna Livre da reunião de 22 de novembro, para falar sobre o Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro. A data foi escolhida em memória de Zumbi, o líder do Quilombo dos Palmares, que foi morto em 1695. Márcia esteve acompanhada de integrantes do Grupo Afro Ganga Zumba.
Em sua manifestação, foram destaques: as lutas e conquistas, políticas públicas, cultura negra, inserção do negro no mercado de trabalho e educação, discriminação, entre outros pontos.
Nos pronunciamentos dos vereadores, foi ressaltada a existência do preconceito que faz com que, até hoje, o negro tenha sua imagem ofuscada em diversos lugares e a importância da Lei de Cotas como forma de, no mínimo, equiparar a injustiça social causada nos mais de 500 anos de existência do Brasil.
Também foi citada a Proposta de Emenda à Lei Orgânica (Pelom) nº1/2018, de autoria dos vereadores Hermano, Antônio Carlos Pracatá (PSD), Chico Fanica (REDE), Fiota (Patriota) e Sérgio Ferrugem (PSC), que altera o art. 41 da Lei Orgânica do Município para dispor sobre a reserva de vagas em cargos e empregos públicos da administração pública municipal de, no mínimo 10%, para preenchimento exclusivo por pessoas negras. Atualmente, a lei reserva percentual dos cargos e empregos públicos para provimento com portador de deficiência e define os critérios de sua admissão.
A Tribuna Livre é um espaço abertos aos cidadãs e cidadãs nas reuniões plenárias das quintas-feiras. Os interessados devem se inscrever, previamente, na Secretaria da Câmara, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. Informações: (31)3819-3250.
 

Tribuna Livre
Bransildes Barcellos Terra - médico urologista
Bransildes Barcellos Terra e plenário
Bransildes Barcellos Terra e vereadores
Márcia Messias de Castro - Grupo Afro Ganga Zumba
Márcia Messias de Castro e plenário
Ganga Zumba e vereadores

É IMPORTANTE QUE VOCÊ PARTICIPE
E MANTENHA-SE INFORMADO!

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta-Feira

das 12:00h às 18:00h

camara@camarapontenova.mg.gov.br

(31) 3819-3250

Av. Dr. Cristiano de Freitas Castro, 74

Centro, CEP: 35430-037

Ponte Nova - Minas Gerais